O secretário de Saúde e Saneamento, Luís Fábio Marchioro, explica que o próprio cidadão deve entrar no site, escolher data, unidade de saúde e horário para a imunização. Marchioro ressalta que “se você agendar, procure cumprir com esse agendamento, pois temos muitas pessoas na expectativa dessa vacina”.

Além de abrir o agendamento para 40+, a partir de hoje (26), também está aberto o agendamento para mais lactantes com filhos de até dois anos de idade. O link para o cadastro é o mesmo.

Lembrando que no momento da imunização, todos devem apresentar CPF, documento com foto, cartão do SUS e cartão de vacina e estar de máscara. As lactantes precisam apresentar também a certidão de nascimento da criança.

O secretário destaca ainda que gestantes e puérperas com comorbidades que ainda não foram imunizadas podem agendar a vacinação pelo 3545-8000. Para ser vacinadas, as gestantes devem apresentar a autorização médica.