Domingo, 22 de Maio de 2022
11°

Tempo aberto

Sorriso - MT

Política POLÊMICAS

Nova Ubiratã: Em meio a polêmicas, 2 vereadores renunciam aos cargos na Diretoria da Câmara

Diante da renúncia de 2 membros da Mesa Diretora, a expectativa é de que a câmara convoque uma eleição suplementar para o preenchimento das vagas remanescentes

02/05/2022 às 16h47
Por: Redação MT Urgente Fonte: UBIRATÃ 24 HORAS
Compartilhe:
FOTO: DIVULGAÇÃO
FOTO: DIVULGAÇÃO

Os vereadores Wellyngton Manoel Miranda Tavares e Cristiane Lazarin Feijó, ambos do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), renunciaram aos cargos, respectivamente, de 1º e 2º secretários da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Nova Ubiratã.

 

A informação foi confirmada, neste sábado (30), por um interlocutor ligado ao legislativo municipal. Segundo ele, os pedidos de afastamento foram motivados pela ausência de diálogo, assim como em virtude das recorrentes polêmicas protagonizadas pelo presidente da Casa de Leis, Heder Sais Machado (União Brasil).

 

Pelo menos outros quatro vereadores já haviam expressado descontentamento com a gestão de Machado.

 

Entre as reclamações atribuídas aos parlamentares, estariam: contratações indiscriminadas para acomodar apoiadores políticos do atual gestor da Casa, aumento salarial de servidores comissionados sem experiência na área legislativa e a criação de cargos que haviam sido extintos pela antiga gestão.

 

Conforme apurado pela reportagem, um dos cargos recriados pela câmara de vereadores seria o de assessor especial da presidência, uma espécie de “bajulador” do chefe do Poder Legislativo e atualmente ocupado pelo presidente do extinto partido Democratas, Neivo Aparecido Fonseca.

 

Para este cargo em específico, a câmara desembolsa o equivalente a R$ 6.238,76 mensais.

 

Já para os demais cargos preenchidos, igualmente ocupados por apoiadores de campanha, os salários variam entre R$ 4.653,92 a R$ 8.204,20

 

“Ele [Heder Machado] inchou a folha de pagamento sem se importar com a opinião dos colegas de Parlamento. Agiu de forma autoritária, impensada e agora está ‘colhendo’ as consequências”, ponderou a fonte.

 

Novas eleições

Diante da renúncia de 2 membros da Mesa Diretora, a expectativa é de que a câmara convoque uma eleição suplementar para o preenchimento das vagas remanescentes. Entretanto, a maior dificuldade neste momento será encontrar um candidato ao cargo de 1º secretário, isso devido à complexidade e responsabilidade da função, uma vez que o 1º secretário responde solidariamente em caso de eventual improbidade administrativa praticada pela presidência da Casa.

 

Conforme o Regimento Interno, compete ao 1º secretário a análise de toda correspondência sujeita a conhecimento ou à deliberação do Parlamento, além do controle de contas jurídicas e pagamentos de fornecedores, prestadores de serviços, entre outros.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Sorriso - MT Atualizado às 05h27 - Fonte: ClimaTempo
11°
Tempo aberto

Mín. 10° Máx. 29°

Seg 30°C 12°C
Ter 31°C 15°C
Qua 31°C 16°C
Qui 31°C 16°C
Sex 32°C 16°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete
Ele1 - Criar site de notícias